Proteja sua confiança

confianca

Esses dias me peguei pensando no quanto a confiança é importante para nós, seja lá o que você faça da vida, você vai precisar dela. Sem confiança, a gente consegue ter problemas em coisas básicas que estamos acostumados a fazer no nosso dia-a-dia. A falta de confiança faz um pintinho indefeso virar um dragão de 50 metros de altura cuspindo fogo para todos os lados.

A vida de cada um de nós é cheia de obstáculos inesperados, aliás, isso é uma coisa que definitivamente não temos como controlar. É algo que foge da nossa alçada, não temos como prever o futuro. É… não temos como prever o que vai acontecer, mas temos total liberdade para escolher a forma como vamos querer reagir mediante o que vai acontecer.

E definitivamente lidar com problemas sem confiança é algo que pode trazer muitos prejuízos a curto e longo prazo. Definitivamente essa não é uma opção válida.

Você deixaria um médico com a confiança abalada operar a sua mãe?

Pularia de paraquedas com um instrutor que não tem confiança no seu próprio trabalho?

Compraria um produto de um vendedor que não confia no que está vendendo a você?

Eu vejo a confiança como um grande escudo que te protege das dificuldades que te acertam. Esse escudo permite que você seja acertado por algo e mesmo assim continue indo em frente, continue buscando o que acredita. A confiança permite que você não sofra todo o impacto do que te acerta e isso é de grande ajuda para todos nós que somos acertados por dificuldades quase que a todo momento.

confianca

 

E uma pessoa sem confiança? O que acontece com ela?

O que acontece é que qualquer dificuldade acerta ela em cheio com toda força, e ai fica muito mais difícil seguir em frente quando se sofre o impacto de um duro golpe. Dessa forma aumentam muito as chances de você ficar pelo meio do caminho, ainda mais se você perdeu a confiança nas suas capacidades.

O fato é de que você precisa cuidar muito bem desse escudo, porque sem ele você não é nada. Sem ele, você não faz nada, qualquer coisa é capaz de te derrubar. Qualquer vento te entorta. Sem ele você é um alvo indefeso, frágil e vulnerável.

Um detalhe importante é, depois de algumas batalhas, se atentar ao quanto esse escudo está avariado pois quanto mais você usa ele e não conquista vitórias, mas danificado ele fica. Em outras palavras, quanto mais porrada você toma da vida, menos confiança você tem, mais abalada ela fica. É natural que esse escudo se quebre uma hora ou outra, pois não existem super-heróis, mas o grande segredo está em quanto tempo você vai se permitir ficar desse jeito. Pessoas de grandes resultados, não se permitem ficar muito tempo assim, elas reconhecem a importância desse escudo e de uma forma ou outra buscam recuperar isso.

Dicas para manter sua confiança em alta

Selecionei dois pontos que considero importantes para manter minha confiança em alta, são eles:

Faça o simples

Esse é um das maiores lições que aprendi neste ano de 2016. Comecei um nova jornada fazendo algo que além de difícil os resultados demoram para aparecer, é preciso de muita paciência. O que aconteceu? Como ainda não tive um resultado positivo expressivo, estou sem o meu escudo e totalmente vulnerável. Você só consegue confiança com base nos sucessos que já teve, são eles que forjam o escudo para que você siga em frente. A dica aqui é justamente essa, faça o simples, comece pelo fácil e de preferência coisas de tiro curto. A medida que você vai tendo sucesso no fácil, você vai ganhando força para se aventurar em coisas mais complexas e assim tem mais condições de ter êxito. Começar pelo difícil é assinar a sentença de morte da sua confiança, pois é bem possível que você ainda não esteja preparado para tomar as porradas que esse caminho vai te dar.

Não se compare aos outros

Ta aí uma coisa que é muito eficaz em roubar confiança, se comparar com os outros. A gente como ser humano tem essa mania, não tão interessante, de se comparar com os outros. Olhamos a grama do vizinho mais verde que a nossa e nos sentimos mal por isso, com aquela sensação de falta de capacidade, como se o vizinho fosse mais capaz do que a gente. E ai que começam a surgir pensamentos como: “O que esse cara/mulher tem que eu não tenho?”. A dica aqui é: Se for para se comparar com alguém, compare-se consigo mesmo. Como você era a um ano atrás? como você era a 5 anos atrás? Está evoluindo? Preocupe-se com o seu próprio progresso pois no fim das contas é isso que realmente importa para você. A medida que você percebe que está evoluindo isso vai gerando cada vez mais confiança, diferentemente da frustração que costuma ser se comparar com os outros, o que só te rouba confiança. Definitivamente comparar-se com os outros não é algo que valha a pena ser feito.

Acha que esse texto pode ajudar alguém? Compartilhe esse conteúdo com essa pessoa se você acha que ela pode tirar algum benefício disso.

Obrigado pela leitura, até a próxima!

Proteja sua confiança
5 (100%) 2 votes

Adicionar um Comentário

Comente abaixo!