A era do Valor

Vivemos a era do valor.

Seja muito bem vindo a era onde o intangível tem mais valor do que o tangível.

Como eu sei disso? Só você parar para pensar nas escolhas que faz. Verá que sempre você tenderá a escolher o que mais te agregar valor, e não somente por conta do menor preço. As pessoas nunca tiveram tantas opções de escolhas e tão pouco tempo pra escolher como hoje. Opções essas que geralmente são muito parecidas, custam o mesmo preço e entregam as mesmas coisas.

Se você parar para pensar mais um pouquinho verá também que todos os vencedores em qualquer área são aqueles que são capazes de agregar mais valor. Os que vencem no mundo de hoje independente da área, incluindo a área de relacionamentos, são aqueles que são capazes de adicionar mais o intangível ao outro (ou aos outros).

Nessa era os vencedores são aqueles que são capazes de fornecer aquilo que o dinheiro não pode comprar.

E por que eles vencem?

Porque tudo virou commoditie. Tudo é de fácil reposição. Antes vivíamos em uma época onde produtos e oportunidades eram escassas… hoje é tudo muito abundante (e vai ser mais ainda!). E pela quantidade de oportunidade ser tão grande assim, o que define se ela vale pra gente ou não é o valor que se encontra atrás dela, e isso pode se dizer a tudo na vida.

A era do valor, também pode ser chamada de a era do outro. Onde as necessidades, angústias e valores do outro são tão importantes para mim quanto as minhas próprias necessidades e valores. Os vencedores de hoje em dia são os que entenderam e já moldaram todos os seus hábitos a esse modelo mental.

A era do valor é aquela onde o eu da lugar ao nós.

Como eu me dou bem nessa venda?
Da lugar a….
Como nós nos damos bem nessa negociação?

Afinal de contas, hoje em dia, ir num restaurante comer uma boa comida, com um bom atendimento é fácil.

Agora…

Difícil é ir num restaurante comer uma boa comida, acompanhada de um bom atendimento, que o garçom me chama pelo jeito que eu gosto de ser chamado, pede meu prato favorito que só no olhar ele já sabe, com o ponto da carne que eu mais gosto e ainda me da uma bela sobremesa de cortesia por frequentar aquele restaurante.

Você voltaria a esse restaurante? Eu voltaria.

Qualquer um é capaz de servir um bom prato. Isso é fácil de se replicar.

Poucos são capazes de servir amor, personalização, respeito e gratidão, além de um saboroso prato de comida. Isso é realmente difícil de se replicar, o que representa por si só uma grande vantagem competitiva em negócios.

Isso sim é valor.

(Obs: Ouça o podcast que completa este artigo, nele eu explico a diferença entre preço e valor. Clique aqui para ouvi-lo)


Obrigado pela sua visita e leitura!

Curtiu o post? Por favor, marque 5 estrelas aqui em baixo, dessa forma você vai irá fazer com que mais pessoas também vejam esse conteúdo!

Compartilhe também no seu Facebook 😉

Muito Obrigado!

 

A era do Valor
5 (100%) 1 vote

Adicionar um Comentário

Comente abaixo!